domingo, 31 de março de 2013

[Alto Giro] Aston Martin Vanquish x Lamborghini Aventador x Ferrari F12 Berlinetta



A revista inglesa EVO confronta três dos maiores esportivos de hoje.
O Aston Martin Vanquish, topo de linha inglês e um talvez o maior Gran-Turismo de hoje em dia, o Lamborghini Aventador, o maior touro de Sant'Agata e um perfeito superesportivo, e a Ferrari F12 Berlinetta, descendente direto da lendária linhagem dos doze cilindros dianteiros e, em tese, uma mistura de Gran-Turismo com superesportivo.

Assistam a esse vídeo épico abaixo!




quinta-feira, 21 de março de 2013

[AltoGiro F1] GP da Malásia (Pré-GP)


Um iceberg. Foi tudo que Ferrari, Red Bull e Mclaren conseguiram ver na primeira etapa da temporada 2013 da Fórmula 1. Enquanto isso, "Foi uma das corridas mais fáceis da minha vida", declarava ao final o vencedor do GP da Austrália e atual líder do campeonato, o finlandês Kimi "Iceman" Raikkonen. Como havíamos previsto no nosso post do GP da Austrália, a mudança dos pneus para esse ano poderiam surpreender e ser cruciais para determinar o vencedor da corrida. E foram. Raikkonen mais uma vez brilhante na estatégia, com apenas 2 paradas, deixou pra trás com facilidade os atuais favoritos da temporada, o bicampeão Fernando Alonso e o mais novo tricampeão, Sebastian Vettel, que completaram o pódio nas segunda e terceira colocações, respectivamente.

Durante a semana, pudemos ver duas reações muito diferentes entre suas equipes: a Ferrari comemora a melhoria, a aproximação do nível do seu carro para a Red Bull. Deixou isso claro na corrida, com a boa performance também de Felipe Massa, que poderia ter vencido o GP se não fosse, pela centésima vez, prejudicado na estratégia de equipe. Massa terminou a corrida na quarta colocação, compondo 30 pontos para a Ferrari, que lidera o Mundial de Construtores até agora, seguido pela Lotus (com 26 pontos) e Red Bull (23 pontos). Pelo lado da equipe do energético, foi só choradeira. Vettel se explicou diversas vezes, com desculpa que o desgaste dos pneus surpreendeu a equipe e que Raikkonen não está tão forte assim. Muito papo.

Pra finalizar nosso breve relato sobre a corrida da semana passada, podemos dizer que a Mercedes teve bom desempenho, com Hamilton em quinto lugar, empolgado com o que o carro pôde ofereces. Já, pelo lado da Mclaren, as coisas estão brabas. Tanto é que Jenson Button declarou que espera que na Malásia chova, pois a Mclaren teve melhor desempenho com pneus intermediários nas sessões chuvosas da Austrália. A equipe de Woking, além de fazer a dança da chuva,  estreará dois pacotes aerodinâmicos novos nesta corrida. Será que Hamilton acertou na mosca ao sair da equipe ? Ou será que ele ter saído da equipe influenciou negativamente no desenvolvimento do carro ?

Bom, mas estamos aqui pra falar do GP que acontece este final de semana. E, agora, o homem a ser batido, é... Kimi Raikkonen ?!

Não há dúvidas que o finlandês é um excelente piloto e estrategista, e o carro da Lotus está bem melhor em 2013 comparado ao ano passado. Mas, de fato, é muito difícil que Raikkonen repita o triunfo do primeiro GP. O homem a ser batido ainda é Vettel, por ser o campeão e, claro, por possuir o melhor carro. E claro, logo atrás vem Fernando Alonso, que já bateu Vettel no primeiro GP e tem um carro bem melhor que do ano passado. Correndo por fora, caso não seja novamente desfavorecido pela Ferrari em favor de Alonso prejudicado pela estratégia, torcemos para Felipe Massa subir ao pódio pelo menos. Felipe declarou estar muito contente com o bólido desta temporada e que "se entendeu com o carro, coisa que demorou a acontecer no ano passado".

Em 2012, o GP da Malásia foi vencido por Fernando Alonso, depois de uma pole de Lewis Hamilton. Lembrando que, foi nesse GP que Sérgio Perez ganhou atenção dos holofotes, conseguindo um inacreditável segundo lugar com a mediana Sauber. Quem sabe as boas lembranças inspirem o mexicano a ter um melhor resultado que o 11o. lugar que conseguiu na Austrália.

A chuva é sempre um fator extra que esperamos para o GP. Em 2012 choveu. Em 2011, tinha grande ameaça de chuva, mas a corrida foi inteira em pista seca. Neste ano, esperamos que o tempo seja qualquer, tanto que tenhamos muitas emoções para nos recordarmos depois.

Bom GP a todos!

-João

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

2013 Petronas Malaysia Grand Prix




Nome do Circuito: Sepang International Circuit
Número de Voltas: 56
Perímetro:  5,543 km
Recorde: 1m34s223 - Juan Pablo Montoya (2004)
Horário da Corrida: 5h , 24/Mar/13 (Domingo)
Treino de Classificação: 5h, 23/Mar/13 (Sábado)
Treino 3: 2h, 23/Mar/13 (Sábado)
Treino 2: 3h, 22/Mar/13 (Sexta-Feira)
Treino 1: 23h, 21/Mar/13 (Quinta-Feira)

domingo, 17 de março de 2013

[AltoGiro] Pequenos prazeres


Ontem fui trocar o óleo do meu carro, e enquanto via aquele óleo velho e preto saindo por baixo do cárter e o óleo novinho, verde quase transparente, sendo colocado, tive uma sensação muito boa na hora!
Foi quando percebi como pessoas que gostam de carros às vezes podem ter alguns pequenos prazeres no dia-a-dia bem incomuns.


Troco o óleo sempre antes da quilometragem indicada, e dessa vez não foi diferente. Minha história já mostrou como a manutenção preventiva vale muito mais a pena que a reparadora. O fato de eu estar colocando um lubrificante novo e saber que isso está fazendo bem para o motor, me trouxe uma sensação de satisfação na hora! Com o óleo novo, parece que o motor gira mais suave, faz menos barulho e até responde melhor! Ok, não sei o quanto dessas impressões foram induzidas falsamente por eu saber que acabei de fazer a troca, mas de qualquer maneira foi gratificante.
Foi quando refleti um pouco, e pensei em como pequenas coisas do cotidiano são prazeirosas no ponto de vista de um entusiasta. Listei mais algumas abaixo:

  • lavar / encerar o carro com suas próprias mãos.
  • fazer pequenos reparos, como lubrificação de juntas, trocas de lampadas, eliminação de ruídos, e descobrir nesse processo como as coisas funcionam no seu carro.
  • acertar a rotação do motor numa redução de marcha - bônus de satisfação se for fazendo punta-taco.
  • encontrar uma seção de pista sinuosa e quase sem trânsito.
  • saber os limites de seu carro pra encaixar aquela ultrapassagem perfeita numa pista simples de mão dupla.

Esses foram algumas pequenas satisfações que pensei agora, e que fazem toda a diferença na vida de quem gosta de carros! Vocês conseguem listar mais algumas?

quinta-feira, 14 de março de 2013

[AltoGiro F1] GP da Austrália (Pré-GP)

Bem, amigos do AltoGiro! Depois de tanta espera nos últimos meses e muita ansiedade, amanhã começa oficialmente a temporada 2013 da Fórmula 1.

O primeiro GP dos 19 que ocorrerão este ano (o GP do Brasil fechará a temporada novamente - hooray!) acontecerá no circuito de Albert Park, em Melbourne, Austrália. E o que esperar para esse final de semana ?

Bem, como vem acontecendo nos últimos anos na categoria, a equipe a ser batida ainda é a Red Bull. Apesar de não terem se destacado muito nos testes da pré-temporada na Espanha, sabemos que eles sempre tem cartas na manga Adrian Newey quando se fala em projetos de carros de F1. E claro, o piloto a ser batido ainda continua sendo o alemão Sebastian Vettel, que se consagrou tricampeão no ano passado, entrando num hall de pilotos que englobam nada mais nada menos que Nelson Piquet, Ayrton Senna, Niki Lauda, Jack Brabham e Jackie Stewart. Nada mal para o alemão, hein ?

Nessa difícil missão de bater a equipe que te dá asas, mais uma vez vemos Ferrari e Mclaren. A Ferrari passou perto de conquistar o Mundial de Pilotos em 2012 com o espanhol Fernando Alonso, que, por sua vez, deixou de entrar no hall dos tricampeões citado acima (pelo menos, por enquanto). Sabemos que a Ferrari fez um segundo semestre muito bom no ano passado, principalmente com Felipe Massa que pareceu recuperar sua autoconfiança na metade final do campeonato passado, e, se tivesse tido performance semelhante no primeiro, provavelmente teria levado o Mundial. Infelizmente, Felipe Massa continua sendo o segundo piloto declarado da equipe, e o que podemos esperar é que ele dê um golpe de MMA violento e deixe o Alonso de fora do campeonato  faça o melhor dele, mas dificilmente vai ter chance dentro da equipe contra o espanhol.

Já a Mclaren parece vir mais forte que a temporada passada. Por ter trocado seu principal piloto Lewis Hamilton pelo quase novato Sergio Perez, é de se esperar que Jenson Button tenha certa preferencia na equipe esse ano (apesar da Mclaren jurar igualdade entre eles), tendo um pouco mais de força do que em 2012. Devemos lembrar que a Mclaren, apesar de não ter feito uma temporada tão regular assim no ano passado, dominou completamente o GP da Australia, com a pole de Lewis Hamilton e a vitória de Jenson Button. Ainda recordando, vale dizer que Button ganhou 3 dos últimos 4 GPs em Albert Park, se provando um bom acertador e estrategista nessa etapa do campeonato, então, fiquemos de olho nele.

Correndo por fora, ainda temos Mercedes e Lotus. A Mercedes fez uma grande aposta, trazendo Lewis Hamilton (que também fez uma grande aposta, saindo da Mclaren), e foi uma das equipes que começou a trabalhar mais cedo no carro de 2013 (já no ano passado). A equipe ainda não acertou um bom carro desde que assumiu um box na F1, mas promete atrapalhar bem esse ano. Nos testes da pré-temporada, Lewis Hamilton liderou diversas sessões (tudo bem que algumas delas na chuva, seu ponto forte) e mostrou que a equipe alemã está com vontade de subir para o topo da categoria. Quem sabe, algumas poles e podios esse ano ? E foi exatamente isso que a Lotus fez na temporada passada. Trouxe um campeão para o posto de seu primeiro piloto, o finlandes Kimi Raikkonen, e atrapalhou bem as equipes grandes. Prova disso foi o homem de gelo ter ficado em terceiro lugar no Mundial de Pilotos em 2012. E tem tudo para continuar fazendo isso a partir de amanhã.

Das outras equipes, nada de muito diferente pode se esperar. A maioria dos cockpits do meio para trás do grid são os famosos cockpits comprados, ou seja, entra quem tem o dinheiro na mão. Coisa que, como publicamos na nossa fanpage do Facebook, tirou o brasileiro novato Luiz Razia da disputa na última hora. Ainda assim, podemos ver alguns talentos aí no meio. Um dos que costumam se destacar e voltou a F1 esse ano pela Force Índia, Adrian Sutil, é um dos que pode colocar o carro entre os 5 primeiros colocados. Outro que costuma ser muito eficiente nas classificações e beliscou uma vitória na temporada passada foi Pastor Maldonado, da Williams. Fora isso, teremos muitos carros lerdos, trapalhadas e coisas do tipo. Coisas que só acontecem porque o Bernie Ecclestone é mercenário na F1.

Para a corrida de domingo, a Pirelli leva dois compostos: supermacios e médios. Os pneus desse ano estão menos duráveis e mais aderentes que no ano passado, com mais borracha nas bordas (por isso o aumento do peso do carro em 2kg como dissemos no nosso post sobre as regras para 2013. Isso significa que, as estratégias precisarão ser revistas e talvez, seja crucial para o vencedor.

Que seja dada a largada! E que uma temporada ainda melhor que a do ano passado esteja por vir!

- João

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

2013 Rolex Australian Grand Prix



Nome do Circuito: Albert Park
Número de Voltas: 58
Perímetro:  5,303 km
Recorde: 1m24s124 - Michael Schumacher (2004)
Horário da Corrida: 3h do sábado para o domingo (horário de Brasília)